LA BARCA FUTEBOL CLUBE

Category

Partida

Category
Max mostra toda sua classe ao fazer uma inversão perigosa pela frente da área

O placar de 7 a 6 confirma a loucura que foi o jogo contra o CESPOA. Com menos de 25 minutos de jogo, o placar já marcava 3 gols para cada lado. La Barca e CESPOA fizeram um jogo eletrizante, com tudo o que o futebol pode oferecer para alegrar um sábado nublado e quente: belos gols, viradas, lesões, pipocadas e muitos, mas muitos erros de arbitragem.

A coisa toda aconteceu mais ou menos assim: o CESPOA abriu o placar com um belo chute de dentro da área, em jogada truncada que ninguém conseguiu afastar. O La Barca empatou logo em seguida, com um golaço do simpático Beline, que dominou no peito, girou com um chapéu sobre o marcador e soltou a bomba, que ainda bateu no travessão antes de tocar a rede. Mas a alegria pouco durou, pois o CESPOA buscou o empate imediatamente, em rebote após de chute de fora área.

 

Após um hiato espiritual, Carboni retornou com muita vontade de vencer e ganhou todas as disputas

CESPOA buscou o empate imediatamente, em rebote após de chute de fora área.

Mas teve mais: recebendo passe de Japão, que foi um dos destaques do time com 3 assistências, Anderson dominou pela direita e disparou rasteiro da quina da área, sem chances para o goleiro. Nesta altura, o jogo quase não tinha disputas na região central do campo, eram ataques e defesas trabalhando incansavelmente (e em vão) para impedir que mais gols acontecessem. Mas tinha espaço para mais.

Ainda antes da pausa técnica para hidratação, com água, cerveja e cigarros, o CESPOA passou à frente mais uma fez, mas também não conseguiu comemorar, pois o zagueiro artilheiro Léo Dutra deixou tudo igual novamente, após cobrança de falta que o goleiro não conseguiu espalmar com firmeza. E ainda deu tempo da virada. Ronald recebeu pela direita e encobriu o goleiro da entrada da área, dando números finais ao primeiro tempo.

Japão balança, mas não cai: 3 assistências para coroar uma grande atuação

A segunda etapa teve domínio do La Barca até os 30 minutos de jogo, quando conseguiu marcar 3 gols e abrir um placar confortável. Os gols vieram primeiro com Ronald, depois com Pedrinho e Tião em belas jogadas com triangulações em direção ao gol. Mas os atletas labarquenses não quiseram aproveitar a diferença de placar e preferiram deixar o CESPOA perigosamente encostar no placar com 3 gols marcados em menos de 8 minutos em uma série de desatenções do La Barca.

Salvo pelo gongo, o La Barca conquistou a sua primeira vitória na temporada após 3 jogos iniciais encardidos.

LA BARCA – Vini, Kiko (Áureo), Badeco, Leo (Max) e Edu (Carboni); Fá e Pedrinho (Natã), Japão, Tião (Ronald), Anderson, Beline (Fernando).

 

NÚMEROS NA TEMPORADA:

 

3 jogos

1 vitória

1 empate

1 derrota

 

Gols: 13/12

 

Artilheiros:

3 Ben-Hur

2 Ronald

2 Léo

2 Japão

1 Pedrinho, Tião, Beline, Anderson